Resenha do livro: Perdida na Vida - Luísa Aranha


Eiii meus maravilhosos, tudo bem? Como eu estou lendo muito, hoje tem mais uma resenha de livro. Desta vez de uma nova autora parceira, Luísa Aranha. E o livro é o Perdida na Vida, um romance muito leve que me fez dá altas risadas (e também alguns surtos hahaha). Venha conhecer essa história!

Compre na Amazon. (ATENÇÃO: O Ebook estará GRATUITO nos dias 14 e 15/03)

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

Formato: eBook Kindle
Título: Perdida na Vida
Autora: Luísa Aranha
Gênero: Romance
Edição: 1ª
Tamanho do arquivo: 2038 KB
Número de páginas: 186 páginas
Vendido por: Amazon Serviços de Varejo do Brasil Ltda
Idioma: Português
ASIN: B07NVT6HW7

SINOPSE: A vida de Mel está toda planejada: casar com o coleguinha do jardim de infância, ser mãe dos filhos dele e viver o tão sonhado conto de fadas do felizes para sempre. Parece coisa de livro e filme. Quem tem a sorte de encontrar o amor da sua vida na primeira tentativa? Mel achou que tinha até Bruno dizer que não quer casar e ir embora pra Bali surfar. 
Completamente perdida, sem emprego, sem amigos e sem planos, Mel só tem um objetivo: namorar todos os caras possíveis do planeta e não se envolver com nenhum. A questão é que ela não tem noção de como fazer isso e a vida não está ajudando muito. Parece que tudo piora quando Eduardo entra em sua vida: ele é o único cara que ela não quer namorar de jeito nenhum.

INTRODUÇÃO


Perdida na Vida é uma comédia romântica. O livro é narrado em primeira pessoa por Mel, a protagonista. Ela começa contando que decidiu virar galinha, mas não sabe como começar já que tem só 25 anos e 13 deles foi ao lado do único homem com quem se envolveu desde o jardim da infância. Ela vai narrando a história como se estivesse conversando com a gente. Muito bom de ler assim. Eu amei! Li a história bem rapidamente pois foi uma experiência deliciosa, eu tive vários ataques de risos, mas também alguns surtos com Mel. Vocês vão entender meus motivos.


Fique longe desse livro se você não tem a menor ideia do que está fazendo da sua vida⁉ A protagonista já está confusa demais e só irá te fazer dar boas risadas. 


PERSONAGENS PRINCIPAIS



Mel: Jovem que decidiu virar piriguete depois de ser abandonada pelo noivo após 13 anos juntos. Se formou em turismo, mas não tem emprego. Nem amigos agora. Se vê perdida na vida mas está decidida a compensar o "atraso" que tem. Mas as coisas não saem muito bem como ela planeja.

Bruno: ex noivo. Decidiu acabar com a ideia de casamento pra ir pra Bali surfar. Filho do dono de redes de hotéis. Tem um esteriótipo perfeito, muito lindo, físico maravilhoso e sorriso encatador. Mas pelo jeito era só a casca.

Eduardo: cara que aparece na vida de Mel e é o único que ela não quer. A primeira impressão que ela tem de Eduardo é péssima, ele não parece nada atraente.


ENREDO

Mel está focada em curtir a vida, conhecendo o máximo de homens que conseguir. Mas percebe que sua situação é pior, pois nem emprego tem. Então, primeiro, decide procurar um. E logo consegue. A função é de guia turística no Parque das Grutas, em sua cidade Cerqueira Correia. Ela não vê graça nenhuma nisso, mas se esforça e logo se destaca em seu trabalho. Por sorte, também ganha um amigo, o Léo, outro guia turístico que depois lhe apresenta novas amizades. Assim, a vida de Mel começa a ser mais empolguante, embora o que ela queira ainda não aconteceu.

As narrativas iniciais são hilárias, impossível não morrer de rir com a forma que Mel conta seus planos (e como eles são frustrados). O leitor diverte bastante com a história.

Num dia de trabalho, ela conhece Eduardo que estava fazendo uma visita às grutas, mas só sentiu atração por ele de costas, de frente o achou feio e totalmente "impegável". O rapaz usa óculos, tem cara de nerd, um dentinho torto e suava muito. Estava cheirando suor. Eu ri disso, ao mesmo tempo que achei que ela pegou pesado. 

Estava calor, e todo mundo suando, mas ele suava mais que o normal. E o suor dele fedia a suor... Tá, eu sei. Suor, tem cheiro de suor. Entretanto, eu nunca tinha sentido tão forte na minha vida aquele cheiro. E eu só o pegaria de costas mesmo... Porque quando virou de frente, meu Deus! Usava óculos, tinha um dentinho torto e ainda estava sempre com um sorriso na boca. Mesmo suando daquele jeito, o cara estava sorrindo. Ninguém fica feliz suando tanto, mas ele estava.

Eduardo causou uma péssima primeira impressão em Mel, mesmo assim, parece que ele se interessou por ela. Ele se aproxima e se apresenta como colega de escola, na infância. Contou que já se conheciam desde crianças, mas claro, Mel não se lembrava dele. Com o tempo, Eduardo vira um dos visitantes mais assíduos no parque. Mel o trata com educação, afinal, ele é um cliente.

Com o tempo, Mel também aprende a alegria de ter amigas, como a Renata, que é muito engraçada e a Fernanda, super fofa. Nossa protagonista vai descobrindo uma nova vida. Inúmeras coisas que ela gosta de fazer e nem sabia e que a fazem muito bem. Ela dá um retoque no visual, compra novas roupas. Se sente uma nova mulher com uma nova vida. Está de coração aberto para novas experiências, como sair com amigos para de divertir e dançar.

Sabe o que é o mais estranho nisso tudo? É que eu estou descobrindo coisas de que gosto de fazer e eu nem tinha noção, porque tudo sempre dizia respeito ao Bruno e ao que ele gostava de fazer, que se resumia, basicamente, a surfar. E, agora, tem um mundo de possibilidades que se abre à minha frente. E quero aproveitar cada uma delas!

Mel decide seguir o conselho das amigas pra ir numa balada hétero e se arrepende, pois a forma que as pessoas se tratam lá a assusta. Mesmo assim, num ambiente tão estranho, ela encontra quem nunca imaginaria encontrar e, pela primeira vez, desde o término, ela sente paz com aquela companhia. Claro que o fim  de festa e o retorno para casa foram meio trágidos (como tudo na vida de Mel), mas até essas tragédias nos fazem rir.

Durante o livro, até que Mel consegue alguns encontros com os caras que conversa nos aplicativos. Encontros desastrosos, preciso dizer. Mas também há outras descobertas que nos fazem acreditar que Mel finalmente se encontrou e vai ser feliz. Pura ilusão! Ela ainda permanece perdida na vida e continua metendo os pés pelas mãos. Falando o que não deveria, não sabendo ouvir os outros e fugindo dos problemas ao invés de encará-los. (Me lembrou da Brenda de Paixão em Jogo).

Então a vida resolve dar uma lição em Mel e a obriga pisar no freio para finalmente se autoconhecer e se encontrar. Da forma mais bizarra possível, ela vai passar numa situação em que encontra pessoas totalmente diferentes da vida dela, mas que muito a ensinam. Mesmo assim, quando tudo parecia dar certo para nossa Mel, a vida resolveu lhe presentear com uma facada no peito! 

Ela decide dar outro rumo aos seus sentimentos e à sua vida. Mas em outra reviravolta ela percebe que errou de novo ao tentar entender os sinais da vida. Gente, é muita mudança de "destino", é muita confusão na cabeça da Mel e ela faz jus ao título da história, porque está mesmo muito perdida na vida



Chego a um ponto em que eu já estava estressada com Mel. Confesso que não aguentava mais os surtos dela. E quando finalmente pensei que ela aprendeu a lição e tinha melhorado, ela estragou tudo de novo! Acho que ela não era feliz porque fugia da felicidade e falava demais (como falava!), dizendo até o que nem sentia. Ela se tornou insuportável pra mim.

Mas no fundo eu a entendi, ela não estava preparada, por isso se autosabotava tanto. Eu percebi que ela estava me estressando porque eu me identifiquei com as confusões dela. Ela precisava se desintoxicar do passado. E parar de se vingar ou descontar suas dores em Eduardo. Já ouvi e é verdade: "gente ferida fere pessoas". Eduardo também já sofreu demais por ela, agora ele merecia ser feliz. Já havia vivido a vida toda pensando na Mel em vão. Igual ela que perdeu todo tempo com Bruno. 

Mas antes de eu odiar a Mel pra sempre e desejar que Eduardo fosse feliz com outra pessoa, parei e refleti sobre esses comportamentos, o que me inspirou a escrever sobre isso. E foi assim que no meio da leitura eu escrevi texto que vai ser publicado, em breve, aqui no blog, aguardem! Ah e não desistam da leitura. O livro se encaminha bem a partir dai. Mel finalmente entende do que precisa!

entendi, finalmente, que eu precisava me enxergar, realmente cuidar de mim, do que eu queria, do que eu sentia, pra só assim poder cuidar dos outros também. Isso era felicidade. E eu não precisava de ninguém servindo de muleta para fazer isso. Eu estava me bastando e chegar àquela conclusão, no dia do meu aniversário, me parecia um ótimo presságio.

Nós capítulos finais, vemos como é importante que tenhamos tento para digerir todos sentimentos que há em nós e para entender como nossa mente e coração está reagindo a todos eles. Muitas vezes nos autossabotamoa porque não nos autoconhemos. E esse tempo de autoconhecimento fez com que Mel entendesse o que sentia e o que queria. E a ajudou a tomar a decisão certa desta vez. O final do livro, temos o que esperávamos, mas não da forma que esperávamos e isso é muito bom para ver que o amor é sempre a melhor saída. 

Perdida na Vida é um livro divertido, cheio de encontros, desencontros e a história de superação de uma mulher que aprende a se conhecer, se amar, ser feliz sozinha para depois tentar de dividir com outra pessoa. Eu indico o livro, pois apesar dos surtos que tive, eu também consegui parar e refletir sobre essa nossa necessidade de dificultar as coisas da vida, quando, na verdade, a vida não precisa ser tão difícil assim. 

SOBRE A EXPERIÊNCIA DA LEITURA


Eu recebi o eBook da própria Luísa Aranha, escritora que é parceira do blog. O eBook é vendido na Amazon. Você pode comprar e ler pelo aplicativo Kindle até mesmo no celular, que foi como eu fiz. (O aplicativo Kindle é disponível para android e iOS e é gratuito). Embora eu prefira os livros físicos, o Kindle tem a possibilidade de marcar trechos com cores diferentes, ele sincroniza com todos os outros dispositivos, sabe em que página você parou a leitura, você pode pesquisar palavras dentro do aplicativo e o tamanho da fonte é confortável para ler. 

SOBRE A ESCRITORA



Luísa Aranha é jornalista, blogueira e escritora. Vive mudando constantemente de cidade. Natural de Porto Alegre/RS, tem o chimarrão como seu companheiro inseparável nas horas de trabalho.
Escrever para ela é tão natural quanto respirar. Faz parte de sua vida desde que foi alfabetizada. Antes disso, já era uma contadora de histórias, inventando brincadeiras, teatros e diálogos com suas bonecas. Seu autor preferido é Gabriel Garcia Marquez e o livro que lhe inspira a contar histórias do cotidiano é Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva.
O blog Causos & Prosas, que teve sua primeira postagem em 2009, foi uma forma, inicialmente, de expressar seus sentimentos e se manter próxima dos amigos distantes. Ele tem um pouco de tudo: contos, crônicas, poesia, desabafos, cartas, opiniões e assuntos do cotidiano. A escrita de Luísa fala de sentimentos, realidades e, em sua maioria, serve para que o leitor reflita e se sinta tocado de alguma forma pelas palavras. Os livros seguem essa mesma linha. É muito fácil se identificar com os personagens e suas histórias, em uma linguagem sempre simples, leve e que expressa sentimentos profundos. (leia mais em seu site). 

Você também pode encontrar Luísa nas redes sociais: 
Leia também: Resenha do livro Sem Padrões para o Amor - Ju Lund | Resenha: Encontros Arrebatadores - Ju Lund


Se você gostou de conhecer esse livro, que tal pinar (salve no Pinterest) a imagem acima e ajudar a divulgar meu trabalho? Você também pode compartilhar em suas redes sociais com os botões abaixo.

Espero que tenham gostado da resenha. Comentem dizendo que já conheciam o livro ou se ficaram com vontade de ler. E me contem qual último livro que vocês leram ou estão lendo. E APROVEITEM QUE O LIVRO ESTÁ GRATUITO, NOS DIAS 14 E 15/03. CLIQUE AQUI E BAIXE GRATUITAMENTE. 

Não deixem de me seguir nas redes sociais e acompanhar o blog para ficar por dentro das novidades. FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST

Um beijo e até mais!


ATENÇÃO: Não perca o SORTEIO que está rolando no blog. Participe e também baixe gratuitamente wallpapers para celular feitos a partir de letterings meus. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Se eu to apaixonada por esse resenha? Com certeza!!! Acho que você captou o espírito da Mel e as reflexões que eu queria trazer com perfeição!!! ❤️❤️❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah Lu, que alegria ler isso. Fico extramente grata por poder te conhecer e ler seus escritos, essa leitura me proporcionou muitos sentimentos. Obrigada, de coração! um beijo!

      Excluir

♡ Obrigada por sua visita!
♡ Não esqueça de comentar, sua opinião é muito importante para mim. :)
♡ Marque a opção "notifique-me" para receber sua resposta por e-mail! ;)
♡ Siga o blog e as redes sociais para ficar por dentro das novidades!
♡ Volte sempre!